Opinião/review - A Guardiã - O Livro de Jade do Céu




Sinopse
E se tudo o que conheces sobre as origens da Terra estiver errado?
Entre a vila medieval de Óbidos, a terra vermelha de Petra e as brumas da ilha mítica de Avalon, uma mulher confronta-se com o destino: Descobrir o seu potencial divino e salvar a humanidade. Enquanto se vê envolvida numa disputa entre as forças da Luz e das Trevas pelo domínio da Terra, divide-se entre o amor de dois arcanjos. Um triângulo amoroso que a arrebata, transforma e leva-a numa exaustiva viagem pelo mundo, em busca das míticas páginas de um livro sagrado. Nele, estão contidos os segredos das origens da humanidade e o seu propósito.
Uma obra de ficção repleta de aventura, romance e suspense que une a história, a religião e a ciência. O ponto de partida, esse, é num tempo tão remoto, que nada do que hoje conhecemos existia ainda e o planeta se aventurava pela primeira vez na imensidão do cosmos.

Opinião

Gostaria de começar esta opinião por dizer que sempre tive interesse em explorar este livro bem antes de ele ter chegado a uma nova edição, no entanto, não posso dizer que fiquei totalmente satisfeita com a leitura realizada.
O Universo de "A Guardiã - O livro de Jade do Céu" é bastante complexo e talhado por diversas teorias que acabam por se tornar bastante interessantes para quem, como a autora, é fã da sua exploração. No caso concreto da minha leitura posso dizer que muitas vezes não consegui encontrar totalmente interesse no seguimento e desenvolvimento de algumas teorias que foram sendo encaixadas ao longo do enredo e apesar de compreender a sua inserção nem sempre foi fácil seguir o pensamento da autora.
Confesso que inicialmente me custou um pouco entrar neste mundo, talvez por pensar que a acção se desenrolava de forma bastante lenta e um pouco introspectiva, isto é, havia uma constante reflexão (necessária) por parte da personagem principal que de certa forma me estava a aborrecer, mais uma vez, percebo a intenção e entendo que a autora nos quisesse dar uma visão intrínseca da personagem para que mais tarde conseguíssemos atribuir significado e ligação entre o que se passa no seu interior e as aventuras que viverá futuramente.
A leitura deste livro é uma viagem por várias crenças, mitologias e até várias disciplinas/áreas de interesse o que atribui à autora uma trabalho de excelência no que toca ao desenvolvimento, escrita e realização de pesquisa para a incorporação destes temas na sua composição.
De negativo tenho a salientar a existência de um triângulo amoroso, confesso que não sou fã e por mais bem explorados que estas ideias sejam nunca me conseguem conquistar. Sei que existem muitos leitores que gostam e até preferem a existência de mais ação do que a que receberiam se apenas houvesse um casal principal, mas não consigo atribuir qualquer interesse/significado à exploração de um triângulo amoroso num texto tão bélico como este livro pretende ser.
Gostava de salientar que a escrita de Ana Kandsmar me surpreendeu, bastante clara, coesa e em alguns pontos academicamente produzida, talvez por isso houvesse tantos altos e baixos durante a minha leitura. A disparidade de discurso tornou a leitura um tanto ou quanto agridoce, um romance dentro de um ensaio académico que me deixou com a sensação de ter aprendido algo, mas ao mesmo tempo que me escapou um pouco do fulgor que o romance poderia e deveria ter.

Passatempo - "Insónia" de J.R.Johansson- 4Estações Editora

Boa tarde Novelitos!

Hoje trago-vos uma pequenina surpresa.

É verdade, hoje temos novo passatempo no blogue em conjunto com a nossa nova parceria  - 4Estações Editora.

Temos para vos oferecer um exemplar do livro Insónia de J.R.Johansson.



Sinopse

Parker Chipp tem dezasseis anos e não dorme há quatro. Está pálido, tem olheiras, sente tremores e, por vezes, "apagões", não tendo qualquer memória sobre onde foi - e o que fez - durante esses períodos de tempo. Está, enfim, a chegar ao limite das suas forças...
É que, em vez de Parker dormir, todas as noites ele entra nos sonhos da última pessoa com quem teve contacto vidual. 
O passatempo será realizado através do site Rafflecopter como já tem vindo a ser hábito aqui no meu cantinho. O envio será feito pela editora.

Regras e dicas do passatempo:
 - É obrigatório ser seguidor do blogue;
- É obrigatório seguir o blogue da editora;
- É obrigatório gostar das páginas do blogue e da editora;
- Podem participar 1 vez por dia desde que façam uma nova partilha;
- Os autores, parceiros e blogue não se responsabilizam por eventuais extravios do prémio;
- Podem participar pessoas de Portugal Continental e das ilhas;
- O sorteio será efectuado através do Rafflecopter, o vencedor será contactado em seguida e terá 3 dias para responder ao email, caso não o faça, o prémio será atribuído a um novo vencedor;
- O passatempo começa hoje e termina no dia 10 de março pelas 12 horas

Divulgação - " Nos Braços do Vagabundo" de Letícia Brito - Chiado Editora

Boa tarde Novelitos!


Hoje é dia de nova divulgação!!




Sinopse

No amor não há contas, se somares um mais um, o resultado não será matemático, o resultado é um. Sofia e Francisco eram a prova viva de que no amor não há espaço para equações, quando equacionavam os corpos, equacionavam as almas e eram apenas um só. Desde os dezassete anos, o plano deles fora bem simples: ficar juntos para o resto das suas vidas. Um plano que qualquer outra pessoa do seu círculo de amigos concordaria ser praticável. Mas um dia, invejoso, o destino resolveu separar os dois jovens e levar Sofia ao extremo de uma depressão que quase lhe tirou a vida.
Na primeira parte desta narrativa, Sofia ter-nos-ia dito que é impossível superar a perda do primeiro amor. Ser forte sozinha não é a melhor opção. Desistir do amor, também não. E Sofia sabia melhor do que ninguém que aquele amor que a consumia, poderia resultar, porque o amor tem essa particularidade: se é verdadeiro, supera todas as dores.
Nos Braços Do Vagabundo é um thriller apaixonante, cativante, dramático e emocionalmente manipulador sobre a doença do séc. XXI; a depressão, aliada ao sentimento mais poderoso de todos – o amor, porque o amor não é amor se não doer e se não for sentido com profundidade.


Sobre a autora

Letícia Brito nascida a 3 de dezembro de 1996, natural e residente no Município de Paços de Ferreira, é uma jovem apaixonada pela escrita.
Formada em Fotografia, outra das áreas que a apaixona, ambiciona prosseguir o sonho que a move desde os 10 anos, quando começou a dar os primeiros passos na escrita enquanto tentava imitar a irmã mais velha.
Em 2010 colaborou com o jornal “Tribuna Pacense” escrevendo desde crónicas, artigos de opinião, cartas e prosa.
Escreve com a alma e os seus textos tem sido protagonistas em grandes comunidades nas redes sociais, atingindo várias partes do mundo, cativando não somente os portugueses, mas até brasileiros com quem já tem colunas oficiais.
A autora tem uma escrita irreverente, dramática, intimista e sobretudo romântica. Abordando desde temas como a política, a sociedade à impressibilidade do amor, é uma apaixonada pela vida.
Em Outubro de 2015, Letícia Brito foi a grande vencedora do concurso nacional “Geração Arte” promovido pelo diário “Correio da Manhã”.
Entre 2013 e 2015 teve a oportunidade de fazer estágios nos jornais de Paços de Ferreira (Tribuna Pacense e Imediato) o que lhe permitiu uma integração maior no mundo da escrita.
Vê agora o seu sonho de menina ser concretizado, assinando a sua primeira obra “Nos Braços Do Vagabundo”, um thriller cativante e dramático, sobre uma das temáticas que tem sensibilizado o mundo no último século; a depressão, aliado ao sentimento mais poderoso de todos – o amor.

Podem encontrar mais informação sobre a autora e o seu trabalho na sua página de facebook oficial, basta seguirem o link:


O livro pode ser adquirido no comércio tradicional, Papelaria Continental e Papelaria Cópias e Detalhes - Paços de Ferreira; Livraria Sousa & Almeida, Livraria Nunes, Livraria de José Alves, Europa-América e A Casa da Boavista (todas no Porto); e Clube Literário Chiado - Lisboa; pode ser adquirido online através de https://www.chiadoeditora.com/livraria/nos-bracos-do-vagabundo e em qualquer grande superfície Fnac, Bertrand, Note, por encomenda em qualquer balcão, quem pretender exemplares assinados deverá entrar em contacto com a autora, mas neste momento estão quase esgotados.